>
Arquivos

Comunicação

Esta tag está associada a 7 posts

O macaco e a Petrobras

A ex-presidente da Petrobras Graça Foster, ao apresentar o balanço da estatal, não auditado, relativo ao 3º trimestre de 2014, falou em prejuízos da ordem de R$ 88,6 bilhões. Uma estimativa de rombo proveniente da má gestão e, sobretudo, da corrupção. A Petrobras tem a maior dívida corporativa do mundo e vale 1/3 do que … Continuar lendo

Imaginação Sociológica – 6ª parte

O horizonte é fascinante. Sinto-me atraído pela linha divisória que separa a alma da carne, o imaginário do palpável. Há aqueles indivíduos cujo corpo não projeta sombra; há também determinadas pessoas, sem corpo, que são a sombra de outras. A introspecção nem sempre revela o interior das pessoas; às vezes a mente fica vazia, e … Continuar lendo

A difícil tarefa de ser simples – 1ª parte

A difícil tarefa de ser simples – 1ª parte Será que estou complicando demais? Esta pergunta deveríamos fazer a nós próprios antes ou no desenrolar das atividades. Tornar difícil à compreensão não traz resultados práticos. Certa vez um amigo me chamou a atenção para o fato de empregar nos meus artigos palavras pouco ou quase … Continuar lendo

Olha como você está se expressando!

Olha como você está se expressando! Estava observando a minha nora conversando com um parente ao telefone, não que estivesse interessado no assunto, mas, por mera curiosidade. Eu juro! Chamou-me a atenção o número excessivo de perguntas que ela fazia à pessoa que estava do outro lado da linha – confesso que perdi as contas. … Continuar lendo

Dez anos sem Tim Lopes

O dia 2 de junho de 2002 ficará eternamente marcado como a data oficial do luto da imprensa brasileira. Dez anos se passaram da sua morte. Faltam apenas 8 dias. Não se trata de um luto oficial decretado por apenas três dias, ainda imensamente consternados, como jornalista, sinalizo que o nosso sentimento e a nossa … Continuar lendo

Polítitica – 1ª Crônica

Nota 11 Choveu muito no mês de janeiro. Privei-me das saídas e fugas de praxe. Agradeci à chuva por me ter obrigado a ficar socado dentro de casa. Estou sem carro, sem lenço e sem documento. Sem emprego seria demais; destarte, assumi a condição de Escritor, com “E” maiúsculo. Verdade, não ria. Pelo menos, enquanto … Continuar lendo

As palavras são armadilhas

As palavras são armadilhas Num velório, uma pessoa se aproxima do defunto e diz: “Senhor, meu Deus, como ele está nítido, nítido!”. Na verdade, ela usou o adjetivo nítido, não no sentido de brilhante, refulgente, límpido, claro, limpo, referiu-se ao falecido pretendendo dizer: “Como ele está com o semblante sereno!”. A viúva ficou perplexa, permaneceu … Continuar lendo

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 154 outros seguidores

Anúncios