>
Você está lendo...
Política

O macaco e a Petrobras

1A ex-presidente da Petrobras Graça Foster, ao apresentar o balanço da estatal, não auditado, relativo ao 3º trimestre de 2014, falou em prejuízos da ordem de R$ 88,6 bilhões. Uma estimativa de rombo proveniente da má gestão e, sobretudo, da corrupção. A Petrobras tem a maior dívida corporativa do mundo e vale 1/3 do que valia. A Petrobras admitiu a possibilidade de não pagar dividendos aos acionistas, dependendo da avaliação da situação financeira da companhia – que é péssima.

A Petrobras deve gastar neste ano R$ 330 milhões com publicidade, cobrindo custos de comunicação na TV (horário nobre) e nos jornais de grande circulação. O tema central da campanha é “Superação”, para tentar reverter a grave crise de imagem causada pelas denúncias da Operação Lava-Jato. Dilma Rousseff convocou os ministros para a “Batalha da Comunicação”. Mesmo atolada em escândalos de corrupção e dívidas, a Petrobras continua “rasgando dinheiro”, com a aprovação e conivência da presidente Dilma, que não vê crise alguma na empresa, e no Brasil. Por quê?

“Não precisa explicar; eu só queria entender!”.

Macaco Sócrates

Augusto Avlis

Nota de rodapé: O macaco Sócrates é uma criação do comunicador, ator e humorista paulista Orival Pessini (06 de agosto de 1944). Além do macaco Sócrates, Orival Pessini criou outros personagens como o macaco Charles, Fofão, Patropi, Juvenal, Ranulpho Pereira, Hitler, Clô, Frank, entre outros. Foi no programa humorístico da TV Globo “Planeta dos Homens”, na década de 70, que Orival Pessini interpretou os macacos Sócrates e Charles. O personagem Patropi surgiu em 1988 no programa “Praça Brasil”, da Rede Bandeirantes. Mais tarde foi convidado para atuar na “Escolinha do Professor Raimundo” (Globo) e na “A Praça é Nossa” (SBT). O macaco Sócrates imortalizou-se com o seu bordão: “Não precisa explicar; eu só queria entender!”.

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 617 artigos publicados em 14 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

2 comentários sobre “O macaco e a Petrobras

  1. Porque não sabe o que é trabalhar,são pessoas que não tem escrúpulos. É fácil gozar com a dos outros. Tem coisa melhor do que gastar sem saber o que é dar duro?

    Publicado por nair | 26/02/2015, 20:50
  2. Cultura contemporânea.

    Publicado por augustoavlis | 26/02/2015, 21:06

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 159 outros seguidores

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: