>
Arquivos

augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.
augustoavlis tem escrito 882 posts para Opinião sem Fronteiras

Tá maluco cara?

Tá maluco cara? Hoje eu acordei com a cabeça fervilhando. Lavei a cara antes do café da manhã, comecei a despertar aos poucos, juntei os fragmentos dos pensamentos, descobri que tive um pesadelo. Sonhei com uma possível desgraça, algo que poderia acontecer a qualquer momento, um fenômeno que transformaria o perfil do povo brasileiro, o … Continuar lendo

Militar é incompetente demais!

Militar é incompetente demais! Militares, nunca mais! O que está em questão aqui não é saber a verdadeira autoria do referido texto, é saber se aquilo que está escrito corresponde aos fatos. Tuas ideias podem não corresponder aos fatos, mas os fatos podem fazer mudar as ideias. O filósofo Mario Sergio Cortella diz uma coisa … Continuar lendo

Arnaldo Jabor

Arnaldo Jabor Em homenagem eu coloquei o nome dele como título deste meu artigo. Justa reverência porque o seu nome é citado algumas vezes em outro artigo por mim escrito numa quinta-feira, 29 de setembro de 2005, que pode ser lido abaixo. Parece confuso, não? Confusa é a porra da política brasileira que não muda … Continuar lendo

Lula e o Sindicato

Lula e o Sindicato  O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, São Bernardo do Campo, SP, sempre foi palco político, um importante centro de reunião de políticos e de gente ligada a eles de alguma forma, quer por admiração, comunhão de ideias, ideologia, ou mesmo para matar curiosidade. De um modo geral, a cidade de São … Continuar lendo

Carta a Lula

Carta a Lula Vila Velha, ES, sexta-feira, 20 de abril de 2018. Senhor ex-presidente, […] […] […] […] […] Atenciosamente, Augusto Avlis Nota de rodapé: Eu não consigo dizer nada. Não tenho nada a dizer ao ex-presidente Lula; quem quiser escrever algo, então aproveite o espaço acima. Eu peço a Deus que lhe dê, Lula, … Continuar lendo

O rato conseguiu escapar

O rato conseguiu escapar Paulo Salim Maluf, este é o nome do rato que conseguiu escapar. Um roedor paulista, nascido no dia 03 de setembro de 1931. O resistente gatuno Paulo Maluf, de boa raça, passou incólume por cinco tocas: ARENA (1967-1979), PDS (1980-1991), PPR (1992-1994), PPB (1995-2002) e PP (2003 até a atualidade). A … Continuar lendo

Memórias

Memórias Existe muito caroço debaixo do angu, e ninguém se arrisca a comê-lo às pressas, ainda mais que está numa temperatura tão elevada que nem mesmo permite comê-lo pelas beiradas. O governo petista, desde 2003, vem tentando transformar os Tribunais em cúmplices dos seus malfeitos. Há quem aposte todas as suas fichas. Só que, hoje, … Continuar lendo

Voto obrigatório, sim ou não?

Voto obrigatório, sim ou não? Um jornal de grande circulação, no espaço “Fórum do leitor”, fez a seguinte pergunta: Você acha que uma reforma política deve pôr fim ao voto obrigatório? Minha resposta: A priori, uma reforma política, feita só por políticos, jamais passará de um arremedo. Partindo desse pressuposto, não acredito que o voto … Continuar lendo

Brilhante voto de um ministro do STF

Brilhante voto de um ministro do STF Senhora presidente desta, abre aspas, “Casa de defesa das Leis Constitucionais da República Federativa do Brasil”, fecha aspas, conforme disse o brioso, pundonoroso Rui Barbosa, abre aspas, “A Corte Suprema é um sepulcro, um monumento consagrado a sepultar as más intenções processuais pretendidas pelos ímpios acusadores, por aqueles … Continuar lendo

A anarquia escolar continua

A anarquia escolar continua Os tempos mudaram; só que pra pior! Continuamos vivendo um sistema social em que o princípio de autoridade não é respeitado gerando desordem de classes, desobediência e uma indisciplina generalizada – posição esta por mim ratificada. A falta de respeito se tornou regra comportamental, dentro de casa, no convívio com grupos, … Continuar lendo

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 153 outros seguidores

Anúncios