>
Arquivos

augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.
augustoavlis tem escrito 999 posts para Opinião sem Fronteiras

COVID-19 – Décima quarta parte

COVID-19 – Décima quarta parte “Mutantes vagarão pelas ruas vazias; almas em silêncio os acompanharão – das cumeeiras uivos contínuos de dor e tristeza são ouvidos como anunciação. O Purgatório foi instalado no planeta Terra em caráter duradouro, lugar para o pagamento de penitências. Arrependimento ou remorso pelos seus erros cometidos os homens dificilmente terão. … Continuar lendo

COVID-19 – Décima terceira parte

COVID-19 – Décima terceira parte “Numa enfermidade epidêmica amplamente disseminada as primeiras mil mortes causam comoção, a depender do intervalo de tempo que acontecem. À medida que o número de vítimas fatais vai aumentando, este sentimento de profundo abalo tem diminuída a sua intensidade. Imperturbáveis, as pessoas encaram as estatísticas como números frios e passam … Continuar lendo

A merda da política – 12ª e última parte.

A merda da política – 12ª e última parte. Na política made in Brazil tem sempre algo de novo acontecendo a cada minuto, por isso, ela é considerada extremamente dinâmica, vindo a ocupar cada vez mais espaços na grande mídia e nas redes sociais. Ações infracionais pipocam por todos os lados envolvendo personagens de vários … Continuar lendo

A merda da política – 11ª parte.

A merda da política – 11ª parte. Salve lindo pendão da esperança! Salve símbolo augusto da paz! Tua nobre presença à lembrança A grandeza da Pátria nos traz. Primeiros versos do Hino à Bandeira Nacional do Brasil. Quinta-feira, 19 de novembro de 2020. Uma data para ser comemorada como nos velhos tempos de escola; alunos … Continuar lendo

A merda da política – 10ª parte.

A merda da política – 10ª parte. No domingo, 15 de novembro de 2020, o Brasil, como os brasileiros, deixou passar em brancas nuvens o 131º ano da Proclamação da República. Pouco se falou a respeito, pouco se comemorou; talvez por ser um dia de domingo, dedicado ao 1º turno das eleições municipais – coisa … Continuar lendo

A merda da política – 9ª parte.

A merda da política – 9ª parte. Depois de muito tempo sem passar por essa experiência desagradável, hoje, algumas pessoas conhecidas me tiraram do sério. Sério? Veja só, numa roda de conversa despretensiosa na fila dum banco me perguntaram abertamente: Por que você só fala mal dos políticos, mete o pau direto, será que em … Continuar lendo

A merda da política – 8ª parte.

A merda da política – 8ª parte. Dentro da cueca de um homem normal cabem coisas normais. Dentro da minha, os testículos, o pênis e a mão da namorada quando ela quer acariciar as duas primeiras coisas. Dentro da cueca de um “político normal” deveria conter as mesmas coisas, os colhões (saco escrotal), o pau … Continuar lendo

A merda da política – 7ª parte.

A merda da política – 7ª parte. “Quem refresca cu de pato é lagoa”. Excelente citação para cabeça de matéria, sobretudo num momento dramático que estamos vivendo dentro de uma casa de putas togadas e governada por sacanas engravatados. Quem dá mole pra bandido é otário, a não ser que se identifique com ele, ou … Continuar lendo

A merda da política – 6ª parte.

A merda da política – 6ª parte. Para consertar o Brasil troquemos o povo. Simples assim. Seria uma solução, uma saída, caso não houvesse sementes de capim-amargoso espalhadas pelos quatro cantos do país – de nada adiantaria matar os políticos. Deus não faria isso, trocar o povo brasileiro de lugar; não teria onde colocar essa … Continuar lendo

A merda da política – 5ª parte.

A merda da política – 5ª parte. Quanto tempo levará um político quase honesto para se tornar totalmente desonesto? Eu tenho a impressão que já fiz esta pergunta em uma das matérias que escrevi sobre política aqui no meu Blog. Para se ter uma ideia, hoje, sexta-feira, 23/10/2020, tenho publicados 663 posts na categoria Política, … Continuar lendo

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se aos outros seguidores de 160