>
Arquivos

Massa de manobra

Esta tag está associada a 6 posts

Lula acusou os brasileiros de acomodados

Em 2005, o então presidente Lula acusou os brasileiros de se acomodarem, quando poderiam pesquisar taxas de juros mais baixas e lutar pelos seus direitos. Se os 52,8 milhões de eleitores brasileiros soubessem disso antes, certamente a maioria não teria votado em 2002 nesse grande falastrão nordestino, rei do repente, sem respeitar modelos de métrica … Continuar lendo

Eleições 2014 – Marketing Político / 7ª Recomendação

Augusto Avlis

Lula de novo!

Rumores oficiais e extra-oficiais dão conta de que a maioria do Partido dos Trabalhadores quer Lula candidato em 2014. Se o povo embarcar nessa canoa furada será a maior prova de burrice jamais vista em termos de eleições. Aprendi com os meus ancestrais uma frase magnífica: “Quem bate esquece, quem apanha nunca!”. Talvez esta máxima … Continuar lendo

Julgamento do Mensalão – Sonho petista: Família unida

Assento nesta matéria um pensamento meu: “Corrupção é um tema recorrente. Imaginemos uma enorme teia de aranha. Tecê-la requer habilidade, tempo, conhecimento, ainda que uma produção solitária. Cada linha, cada curva e cada ponto têm uma função específica. Está tudo milimetricamente conectado, e tudo leva ao centro nevrálgico, ao elemento crucial. É assim a corrupção … Continuar lendo

Julgamento do Mensalão – Relembrando 5ª parte

Por que Lula assediou acintosamente o Ministro Gilmar Mendes? Por que Lula não se valeu dos Ministros por ele nomeados (Carlos Ayres Britto, Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Cármen Lúcia) para atingir o seu objetivo de postergar, de melar, o julgamento do Mensalão? Dentre tantas conclusões, destaco meia dúzia: 1ª) Atitude desesperada, própria … Continuar lendo

Polítitica – 22ª Crônica

Ouro para o Rei, e circo para o povo. Brasília, Brasil. Vai começar a festa. Josés e Marias, Pedros e Helenas, Joões e Margaridas, Manés e Madalenas, Gonzagas e Oliveiras, Da Silvas e Pereiras… Amontoam-se, aglomeram-se desordenadamente; às dezenas de milhares, aos pares. Personagens sem rosto. Que desgosto! De certo, não há. Pessoas sem identidade … Continuar lendo

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 154 outros seguidores