>
Você está lendo...
Consultoria & Marketing

Camelos, simplesmente.

CamelosAmigos leitores. Recebi, por e-mail, uma historinha interessante. Achei oportuno comentá-la. Quis colocar o título “A filosofia do camelo”, mas verifiquei que já havia publicado neste meu Blog artigo de mesma manchete; isto foi em 07/03/2012, e para a sua leitura é só clicar neste link « A filosofia do camelo. Pois bem, então vamos à nova historinha interessante.

Uma mãe e um bebê, camelos, estavam por ali, à toa, quando de repente o bebê camelo perguntou:

Por que os camelos têm corcovas?

Bem, meu filhinho, nós somos animais do deserto, precisamos das corcovas para reservar água e por isso mesmo somos conhecidos por sobreviver sem água.

Certo, mamãe, e por que nossas pernas são longas e nossas patas arredondadas?

Filho, certamente elas são assim para permitir caminhar no deserto. Sabe filho, com essas pernas eu posso me movimentar melhor pelo deserto, melhor do que qualquer um!

Certo, mamãe, então por que nossos cílios são tão longos assim? De vez em quando eles atrapalham minha visão.

Meu filho! Esses cílios longos e grossos são como uma capa protetora para os olhos. Eles ajudam na proteção dos seus olhos quando atingidos pela areia e pelo vento do deserto!

Tá bom, mamãe, então a corcova é para armazenar água enquanto cruzamos o deserto; as pernas longas e as patas arredondadas servem para caminhar através do deserto; os cílios são para proteger os nossos olhos da areia e do vento do deserto. Agora me responda mamãe, o que é que estamos fazendo aqui presos no Zoológico? 

Moral da história: “Habilidades, conhecimentos e experiências, só são úteis se você estiver no lugar certo!”.

Todos os indivíduos têm habilidades, diferenciadas entre si; características ou particularidades que se manifestam ao longo da vida, sobretudo profissional. Na maioria dos casos os dotes são inatos. Capacidades e destrezas se adquirem com aprendizado, orientação, observação e aptidão, mas, antes de tudo, a pessoa precisa demonstrar jeito e predisposição para algo, aquela vontade de “querer fazer”. O conhecimento dá a dimensão exata da experiência prática; o saber, do ponto de vista da informação, aguça a percepção. As corporações investem pesado em programas de treinamento de olho nas tendências e vocações dos seus colaboradores. Por outro lado, a “seleção natural” dos profissionais em carreira se faz a partir da qualidade do produto final, ou seja, do nível de qualidade dos serviços que realizam e da perícia empregada para tal fim – regra geral imposta pelo mercado de trabalho.

Complementando a “Moral da história”: “Habilidades, conhecimentos e experiências, só são úteis se você estiver no lugar certo, e ‘se’ ou ‘quando’ puder colocar em prática todas essas qualidades que você possui, caso contrário não adiantará de nada tê-las”. Por isso, o “ser”, o “estar”, o “querer”, o “ter” e o “poder” estão em eterno conflito.

Frase do dia:

“Moral da história, da história: Mãe e filho, camelos simplesmente – não passam dessa condição aos olhos dos seus observadores”.

Augusto Avlis

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se aos outros seguidores de 160

%d blogueiros gostam disto: