>
Você está lendo...
Política

Dilma, a assassina consternada

1A presidente Dilma Rousseff, afetada diretamente pelos escândalos da Petrobras, a essa altura do campeonato, anunciou na última sexta-feira, 26/09, medidas para combate à corrupção, e caso seja reeleita, enviará Projeto de Lei para o Congresso Nacional. Dilma Rousseff parece com aquela assassina que vai ao velório da sua própria vítima e, visivelmente consternada, ainda consola os parentes da pessoa assassinada. Na cabeça napoleônica de Dilma Rousseff os ratos devem tomar conta do queijo e comê-lo quando quiserem. Até acredito que os deputados e os senadores transformem em Lei tal projeto, desde que os parlamentares sejam outros e os atuais estejam presos (99%). Não dá pra imaginar alguém decretar a sua própria sentença de morte. Dilma Rousseff conhece muito bem de corrupção, de modo que está no governo federal desde o dia 01 de janeiro de 2003 – primeiro mandato de Lula – quando foi nomeada por ele Ministra de Minas e Energia, portanto, está completando 12 anos convivendo de perto com o que há de melhor em práticas delinquenciais, no mínimo, como assistente de camarote. Para quem foi testemunha “ocular” e “auricular” do Mensalão, falar em combate à corrupção parece uma puta incoerência, aliás, procedimento normal do PT. A propósito, a quadrilha do “Petrolão” vem sangrando a Petrobras faz 12 anos de governo petista – Mensalão e Petrolão são gêmeos monozigóticos.

Os maiores aliados do PT não são os seus programas sociais, é a “ignorância assistida” de boa parcela da população brasileira e a imensa capacidade que os seus políticos têm de mentir. Outros fatores pesam favoravelmente no ‘projeto de poder’ do Partido dos Trabalhadores: a total falta de escrúpulos na condução da campanha política, o uso indiscriminado da máquina do governo federal em benefício da candidata à reeleição Dilma Rousseff, o tratamento dado à corrupção como prato degustável pela massa de eleitores e o cometimento de crimes eleitorais como se fossem orações de primeira comunhão. O corpo Brasil não precisa de ressonância magnética para se constatar câncer terminal – se o PT confirmar permanência no poder nessas eleições o sofrido Brasil será enterrado vivo. A missa de ‘corpo ausente’ já foi encomendada. Lula, escondido atrás das colunas do palácio, aguarda o momento certo para cantar a viúva Cuba.

Matéria publicada pela revista Veja, edição deste último fim de semana, revelou que a campanha de Dilma Rousseff à presidência em 2010 “teria” pedido R$ 2 milhões ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que ligou a eleição de 2010 ao esquema de propina na estatal. Segundo reportagem da Veja, Paulo Roberto Costa acionou o doleiro Alberto Youssef no sentido de providenciar o dinheiro, mas não afirmou se o coordenador da campanha política de Dilma Rousseff, o ex-ministro Antonio Palocci, realmente pôs a mão na grana, de modo que só o doleiro Alberto Youssef pode confirmar o feito. Antonio Palocci negou o caso e disse que não era o “Caixa” da campanha de Dilma em 2010 – em nota à revista Veja, a presidente da Copa & Cozinha Dilma Rousseff afirmou que o tesoureiro da sua campanha era o deputado federal licenciado José de Filippi Júnior (PT-SP); além disso, Dilma jurou que “todas as doações eleitorais recebidas pela campanha foram devidamente relacionadas na prestação de contas entregue ao TSE”. Só que a presidente Dilma Rousseff acha que somos babacas a ponto de acreditar na não existência de “Caixa 2” para onde vai parte do dinheiro produto de corrupção e de maracutaias governistas.

Particularmente, eu não acredito na inocência de Palocci, da mesma forma posso garantir aos meus 58 seguidores que o deputado federal licenciado José de Filippi Júnior (PT-SP) conhece muito bem de “esquemas” e sabe como “tratar o dinheiro sujo doado”, porque foi prefeito da cidade de Diadema/SP por três mandatos, em 2006 foi tesoureiro da campanha de reeleição de Lula e atualmente exerce o cargo de Secretário Municipal de Saúde a convite do Prefeito de São Paulo Fernando Haddad – tá tudo dominado. Os R$ 2 milhões viriam da “cota do PP – Partido Progressista” na Petrobras. Na semana passada Alberto Youssef acertou com o Ministério Público Federal os detalhes sobre a sua “Delação Premiada” – quer abrir o bico, pra isso, exige garantias e regalias. Intrigante como essa informação passada pelo Paulo Roberto Costa, delator do esquema corrupto, carinhosamente batizado de “Petrolão”, não foi divulgada no momento oportuno, ou seja, lá atrás, quando Dilma Rousseff foi eleita presidente da República. A resposta mais plausível é que, estando todo o sistema comprometido até o pescoço com a corrupção, os ratos deitam sobre o fogão. Na probabilidade da presidente Dilma Rousseff ser reeleita, os parlamentares da oposição que fazem parte da CPMI da Petrobras farão de tudo para comprovar as suspeitas que pesam contra a petista e, nesse caso, o pedido de Impeachment será inevitável.

O candidato à presidência da República Eduardo Campos (PSB – Partido Socialista Brasileiro), morto na manhã da quarta-feira, 13 de agosto de 2014, após acidente de avião em Santos, no litoral de São Paulo, levou para o túmulo algumas verdades sobre o esquema de propina na Petrobras. A cada dia que se passa novas revelações põem em xeque a honestidade dos políticos brasileiros. Leia-se parte de reportagem: “Sob o comando de Paulo Roberto Costa, o Conselho de Administração da Refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, aprovou R$ 201 milhões em oito aditivos contratuais para empresas investigadas pela Polícia Federal na Operação Lava Jato”. Tem muita coisa ainda para ser “cuspida” pelas malditas bocas que comeram o dinheiro público. Aliás, o PT, desde o primeiro dia da posse de Lula, 01 de janeiro de 2003, deve ter dito de viva voz para os seus companheiros e comparsas: “Tem dinheiro pra todo mundo”. Lula, inteligentemente, tirou o dele primeiro.

“Quando os homens são puros, as leis são desnecessárias; quando são corruptos, as leis são inúteis”.

Benjamin Disraeli

Augusto Avlis

Nota de rodapé: Benjamin Disraeli, Conde de Beaconsfield (Londres, Inglaterra, 21/12/1804 – 19/04/1881), foi um político britânico com características conservadoras, escritor, aristocrata e Primeiro-Ministro do Reino Unido por duas ocasiões.

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 551 artigos publicados em 14 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

2 comentários sobre “Dilma, a assassina consternada

  1. Mas claro que o dele foi primeiro, afinal de esperteza ele entende, começou cortando o dedo pra não trabalhar e ser indenizado, caiu justamente no sindicato dos aposentados, e hoje tira dinheiro deles (aposentados),Nunca viu nada e não sabia de nada, Já pensou, um presidente que não toma conhecimento do que esta acontecendo embaixo do seu nariz, vai ver que a barba camuflou. É muito malandro esperto levando o dele. Os ratos fazem a festa pois não tem ninguem pra tomar conta. A farra é grande e o povo não tá nem ai. Não sei qual o pior exemplo, se é da petrobras, do mensalão,das doações para outros paises, da cueca… que farra gostosa…Tio patinhas nadando em dinheiro. Há se por acaso vc quiser acabar com os ratos não adianta chamar Oswaldo Cruz. Vou lhe dar uma receita
    é mais simples mande pro planalto quem sabe acabamos com os ratos? Misture cimento branco com nescau,ai eles correm pra beber agua e bum….

    Publicado por nair | 02/10/2014, 01:12

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 159 outros seguidores

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: