>
Você está lendo...
Fatos em Foco

COVID-19 – Décima sexta parte

COVID-19 – Décima sexta parte

“A sensação da morte é mais fria porque corrói a alma, queima mais do que gelo sobre a pele. Os sentimentos tendem a se dissipar – todos. Na luta pela vida, agarra-se à esperança, comprova-se a impotência, perde-se a fé, entrega-se ao destino. Não há o que fazer diante da triste e cruel realidade. Escapa-se hoje, procura-se o esconderijo, na certeza da invisibilidade o indivíduo é pego de surpresa. O improvável acontece, a imponderabilidade não dá aviso prévio. Na linha de tiro todos nós estamos trêmulos, sôfregos, em imenso pânico, sem saber em qual das armas está a munição de festim. As rezas emudecem, as mãos se contraem, suspiro final. Deus, onde estás?”

Augusto Avlis

BBC News Brasil – 07 de fevereiro de 2020. “Coronavírus: morte de médico, que havia tentado avisar sobre vírus, causa revolta e protestos na China. Qual foi a reação pública?”.  Segue a matéria.

“O que Li Wenliang fez? Li Wenliang, um oftalmologista, postou sua história na Weibo de uma cama de hospital, um mês depois de ter feito o alerta inicial. Ele havia identificado sete casos de um vírus com sintomas semelhantes aos da Sars, que levou a uma epidemia global em 2003. Em 30 de dezembro, ele enviou uma mensagem a colegas médicos em um grupo de bate-papo, alertando para usarem roupas de proteção para evitar infecções. Quatro dias depois, ele foi intimado pelo Departamento de Segurança Pública, quando foi orientado a assinar uma carta em que era acusado de ‘fazer comentários falsos que perturbaram severamente a ordem social’. As autoridades locais pediram mais tarde desculpas ao médico. Em seu post na Weibo, ele descreve como começou a tossir em 10 de janeiro, teve febre no dia seguinte e foi parar no hospital dois dias depois. Ele foi diagnosticado com o coronavírus em 30 de janeiro”.

Quantas mortes poderiam ter sido evitadas se as autoridades chinesas levassem a sério o alerta inicial feito por Li Wenliang e logo depois alertado o mundo sobre a descoberta do novo Coronavírus. Ao contrário, o regime comunista chinês o obrigou a admitir formalmente a sua culpa em razão dos comentários falsos que fizera causando perturbação à ordem social, de acordo a acusação. Numa sexta-feira, 10 de janeiro de 2020, Li Wenliang começou a tossir; um dia depois, no sábado (11) ele teve febre; na segunda-feira (13) ele foi internado; numa quinta-feira, 30/01/2020 veio a confirmação que Li Wenliang estava com Coronavírus; uma semana depois, numa quinta-feira, 06 de fevereiro ele morre. Do início da tosse até a sua morte Li Wenliang viveu apenas 28 dias. Segundo a Agência Brasil, “o Hospital Central de Wuhan confirmou no dia 06/02/2020, por volta de 16 horas no horário de Brasília, que o médico oftalmologista Li Wenliang, de 34 anos, morreu por infecção de Coronavírus”. Passados 10 (dez) meses, o número de mortos por COVID-19 no mundo ultrapassou 1,5 milhão pelo mesmo motivo. Desse total de mortos, quantos podemos colocar na conta da China?

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 1.000 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se aos outros seguidores de 161

%d blogueiros gostam disto: