>
Você está lendo...
Política

A merda da política – 12ª e última parte.

A merda da política – 12ª e última parte.

Na política made in Brazil tem sempre algo de novo acontecendo a cada minuto, por isso, ela é considerada extremamente dinâmica, vindo a ocupar cada vez mais espaços na grande mídia e nas redes sociais. Ações infracionais pipocam por todos os lados envolvendo personagens de vários escalões dos governos e da iniciativa privada. A Lista de Operações Especiais da PF – Polícia Federal do Brasil divulgada desde 2003 é estarrecedora, são centenas. Para se ter uma ideia da quantidade de Operações, somente a Lava Jato já está na sua 77ª fase, batizada de “Sem Limites IV”. Leia-se: “Em 20 de outubro de 2020, a PF deflagrou a 77ª fase, tendo como alvos ex-funcionários e um atual funcionário da Petrobras, suspeitos de receberem R$ 12 milhões em propinas em operações estrangeiras de diesel e querosene de aviação. Os alvos eram ligados à Diretoria de Abastecimento da Petrobras e as investigações são desdobramentos de outras três fases da Lava Jato que apuraram pagamentos de propinas na área de trading da empresa”.

Notícia fresquinha: Agência Brasil, quinta-feira, 26 de novembro de 2020, 07h35min AM BRT – A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (26), em ação conjunta com o Ministério Público Federal (MPF), a Operação Sem Limites V, a 78ª fase da Operação Lava Jato. As ações visam aprofundar as investigações acerca de práticas criminosas cometidas na Diretoria de Abastecimento da Petrobras, especificamente na Gerência Executiva de Marketing e Comercialização. “O investigado, ex-funcionário da empresa, já foi alvo de medidas judiciais na 57ª fase da Operação Lava Jato e, por ocasião do avanço das investigações, é novamente objeto de mandados de busca e apreensão”, diz a PF.

Eminentes ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), com suas imponentes capas pretas, à luz do dia, declaram-se abertamente, cada qual a seu modo, inimigo nº 1 da Lava Jato. Essa assustadora capa preta deveria ser a representação duma couraça, uma espécie de peça de armadura da Justiça, sobretudo contra a corrupção, mas, na prática restou provado que não é. Do outro lado da Praça dos Três Poderes, o Congresso Nacional (Poder Legislativo) abriga 594 parlamentares, 81 senadores e 513 deputados federais, que trabalham diuturnamente na criação de Leis que os protejam das garras da Justiça, já que a maioria das duas Casas está comprometida até o pescoço com corrupção e com outros crimes tipificados. Salvem-se quem puder, não; salvem-se quem tiver mais poder. O povo, sem poder conferido, não entende porque a Polícia prende e a Justiça solta. Nesse jogo de gato e rato, o roedor está ganhando – faz pouco caso do gato e ainda assusta o cachorro.

Eu já vi muita água passando por debaixo da ponte, desde os meus 14 anos de idade, quando já me interessava por política, mas confesso que nada comparado ao que acontece nos dias de hoje. No passado, bandidos engravatados tinham elegância no cometimento de crimes, no presente, bandidos de mesmo traje não se incomodam quando descobertos em perpetração de crimes, potencializados pela ganância desmedida e impunidade oferecida pelo Estado.   

Conforme disse, tudo começou em 1964, mais precisamente no dia 31. Eu não entendia muito bem o que estava acontecendo, por isso, ficava mais próximo dos mais velhos para escutar as conversas. As rádios só falavam em ações dos militares, em tomada do poder da República – um conjunto de eventos ocorridos sem que um só tiro de canhão fosse dado. Aviões da FAB, B-25 Mitchell, sobrevoavam o meu bairro no Rio de Janeiro, Cordovil, algumas vezes sobre a minha casa, de modo que eu achava aquilo tudo espetacular. Descobri a ponta do fio do rolo (chamado de meada) e aí foi fácil desenrolá-lo. Até hoje eu fico curioso com relação ao conjunto de eventos que estavam ocorrendo naquele dia 31 de março de 1964 – na verdade eu gostaria de ter participado de tudo aquilo. Em nada se fala das ações dos comunistas que… Que mataram dezenas, talvez centenas de militares, alguns dos quais literalmente “explodidos” dentro dos quartéis. Atentados terroristas, sequestros de autoridades e de aviões, roubos a bancos e de armas eram apenas inocentes brincadeiras nos parques floridos das cidades. Nos anos de 1969, 1970 e 1971 eu testemunhei todas essas atrocidades.  

Eu posso perfeitamente me considerar apto a falar mal de todos os políticos, sem exceção, meter o pau neles e achar que nenhum deles presta. Só não quero ficar com as mãos sujas de merda! Quem pensar o contrário então que venha me convencer – se for capaz. Por falta de credibilidade, nem mesmo podemos acreditar em tudo que é divulgado pela “grande mídia”. De todo modo, uma certeza: O brasileiro precisa ser estudado. A merda da política continuará por muito tempo e a merda nela encontrada tem prazo indefinido pra ser removida. Até 2022.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 996 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se aos outros seguidores de 160

%d blogueiros gostam disto: