>
Você está lendo...
Fatos em Foco

COVID-19 – Oitava parte

COVID-19 – Oitava parte

“Para conquistar a supremacia mundial uma superpotência ceifará milhões de vidas humanas – impotente, o mundo observará. Eis que o agressor não será admoestado face à intensidade da ameaça; na sua missão não será impedido. Vozes levantar-se-ão; gritos abafados seguir-se-ão; o silêncio prevalecerá. Tudo será uma questão de tempo; resistir inútil. Para misteriosas doenças, tratamentos desconhecidos – o impacto será global; escapar totalmente impossível. Profissionais da Saúde, infectados pela nova guerra biológica, engrossarão as estatísticas de mortos. Dominados de alguma forma, os sobreviventes jamais esquecerão”.

Augusto Avlis

JORNAL EXTRA – 31/03/20, 08h33min. Texto compactado.

Médica que denunciou surto de Coronavírus em Wuhan, na China, está desaparecida. Uma das médicas que alertou sobre o Novo Coronavírus em Wuhan, na China, cidade onde originou a pandemia, está desaparecida. Ai Fen, diretora do departamento de emergência do Hospital Central de Wuhan, disse à revista “People” que uma colega enviou a ela um relatório de diagnóstico, no final de dezembro de 2019, de uma infecção preocupante que espalhava a Covid-19. Na época, ela foi proibida pelos seus superiores de falar sobre o que se estava a passar. Segundo a investigação do programa “60 Minutes”, da rede CNN Austrália, há duas semanas, Ai Fen tornou a situação pública na revista chinesa Renwu, dizendo que tinha sido silenciada em dezembro de 2019, após alertar os seus superiores para o vírus desconhecido – na altura – que não parava de surgir. O presidente da República Popular da China, Xi Jinping, ordenou que a entrevista fosse apagada da Internet e agora o paradeiro de Ai é “desconhecido”. A mesma investigação sublinha ainda que, caso o governo não tentasse ocultar o início do surto, este poderia ter sido contido em 95%. Ai compartilhou uma foto do relatório em um grupo WeChat no dia 30 de dezembro e, em seguida, seus membros divulgaram a foto mais amplamente, segundo o jornal “South China Morning Post”. O médico denunciante Li Wenliang, de 34 anos, que foi silenciado por autoridades chinesas e depois morreu do vírus Covid-19, fazia parte desse grupo. A médica disse que também deu às autoridades do hospital um alerta sobre o vírus. “Até peguei o diretor do departamento de respiração do hospital, que passava pelo meu consultório, e disse a ele que um de seus pacientes estava infectado com um vírus do tipo SARS”, disse Ai à revista “People”, segundo o Post. “Minha mente ficou em branco”. No dia seguinte, os líderes do hospital disseram a Ai que a comissão de saúde de Wuhan proibira os médicos de linha de frente de dizer qualquer coisa sobre o vírus, numa tentativa de evitar o pânico. A médica afirmou que também foi censurada por um funcionário do hospital, que a acusou de “espalhar boatos”, informou o Post. Ela foi ordenada a não falar sobre isso, nem ao marido, e a informar aos funcionários que não tinham permissão para divulgar publicamente nenhuma informação sobre a doença. “Minha mente ficou em branco. Ele não estava me criticando por não trabalhar duro… Ele me fez sentir que só eu havia arruinado o futuro de Wuhan. Estava desesperado”, contou a doutora.

______

A China é uma República Socialista, governada pelo Partido Comunista da China – PCC. Um país, pela própria tradição, cheio de mistérios, com “fechada” doutrina econômica e política. As “ameaças” ao governo central podem estar sendo resolvidas através das “Tríades” – formadas por ramificações de sociedades secretas chinesas –, livres para criarem legítimas corporações e empresas que atuam em diversos setores, ambas com o perfil de “fachada” para a realização de operações criminosas. Não sabemos a que ponto o Partido Comunista da China tem dedo metido nessas operações e interferência nos negócios.

Fato é que Ai Fen, uma médica chinesa que alertou o mundo para a possibilidade de uma pandemia causada pelo Novo Coronavírus continua desaparecida há mais de uma semana e até o presente momento não há sinal do seu paradeiro, segundo o que informou o “60 Minutes Australia”. Conforme notícia revelada por alguns órgãos de comunicação, Ai Fen pode estar detida e sofrendo represálias por parte do governo chinês. A médica teria fotografado as análises laboratoriais comprovando tratar-se do vírus SARS-CoV-2, e as enviado para seus colegas que trabalhavam em outros hospitais e as imagens tornaram-se virais entre a comunidade médica. As redes sociais por todo o mundo encarregaram-se de completar o trabalho.

“Víamos cada vez mais pacientes a entrar e percebemos que o risco de propagação estava a aumentar. Sabia que devia estar a haver transmissão entre humanos. […] Se eu soubesse o que ia acontecer, não me teria importado com reprimendas. Tinha falado disto, fosse com quem fosse, onde pudesse”.  Afirmou a médica Ai Fen.

60 Minutes Australia Just two weeks ago the head of Emergency at Wuhan Central hospital went public, saying authorities had stopped her and her colleagues from warning the world. She has now disappeared, her whereabouts unknown. #60Mins.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 973 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se aos outros seguidores de 157

%d blogueiros gostam disto: