>
Você está lendo...
Política

O Sistema e o Petista – Decisões filosóficas

O Sistema e o Petista – Decisões filosóficas

Numa sexta-feira, 15 de julho de 2005, eu escrevi o que vocês lerão abaixo.

O sistema é corrupto. No Brasil parece não existir outra forma de governo, portanto, não deve sofrer solução de continuidade. Quando, da boca de um petista, sai este aforismo, é sinal que alguma coisa mudou nos vinte e cinco anos de fundação do PT. O Partido dos Trabalhadores foi criado com o perfil socialista. Defendia um sistema filosófico, político e econômico que propõe a estatização dos bens e dos meios de produção, para que o Estado os administre e distribua, equitativamente, as rendas. A ideia principal (essência), recheada com boa dose de sectarismo era, mas, estava nascendo um socialismo ilusório. A partir da coalizão de grupos empenhados na defesa ou instituição de uma ordem social baseada em princípios de igualdade, ampla participação e reforma, o PT estava se posicionando no cenário político brasileiro como um partido de esquerda; cujo conceito não se coadunava com a realidade brasileira.

A sua filosofia, claríssima, era superar o capitalismo – estereotipada nos dez primeiros anos de criação do partido. Isso ficou no passado. O presidente Lula pratica uma política neoliberal, totalmente diferente do modelo pregado pelos fundamentos socialistas, de modo que, na relação direta líder e massa, ele não passa de uma figura populista e, como tal, o seu Governo está rotulado. Na realidade, por suas características, ou traços, o Partido dos Trabalhadores nunca teve unidade – várias correntes de pensamento se formaram, cada qual gravitando a seu modo, sem ser atraída pelo ponto central. Neste caso, Lula se posicionou acima do partido, certo de que jamais representaria uma imagem agregadora dentro dele. O diagnóstico feito é sombrio. O desenvolvimento sustentável, aplaudido pelos governistas, não garante a criação de empregos, porque o mercado não é absorvente como se pensa politicamente, salvo se o objeto da absorção for a carga tributária, que será aumentada no seu governo. A força de trabalho, que poderia transformar a sociedade, fica à mercê de decisões filosóficas. Enquanto Lula, narcisista, olha para o próprio umbigo, as demais correntes do PT se atolam na corrupção, confiantes na adoção de uma filosofia pragmática. No futuro, Lula será execrado pelo que plantou no passado.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 842 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 159 outros seguidores

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: