>
Você está lendo...
Política

Lula, seu desgraçado!

Lula, seu desgraçado!

Eu sei que você Lula – permita-me chamá-lo na terceira pessoa do singular – está infeliz, que se encontra em profunda desgraça, mas, com certeza não vive em condições de miséria, até porque você nunca soube o que de fato significa “misérias humanas”, e você também não morrerá como indigente, terá um funeral digno, muito embora falte gente para segurar as alças do seu caixão. Todo mundo o está abandonando. Você não fazia ideia que um dia poderia passar por tudo isso, de ver a sua querida família (mulher e filhos, sobrinho, etc) envolvida nos escândalos de corrupção produzidos e encabeçados por você, porém, sempre negada à autoria, como se convencesse o povo brasileiro. Lula, eu sinceramente o admiro e rendo homenagens, um ex-torneiro mecânico, que nunca frequentou uma faculdade como aluno, até abril de 2014 já tinha recebido seu 27º título de Doutor (Universidade de Salamanca, Espanha). Agora, virou a principal peça no tabuleiro da corrupção. Xeque-mate. Está por vir o último título de Doutor da sua carreira promissora. Espere. Há quem seja lembrado pelos seus atos cruéis.

A culpa é toda sua, seu orelhudo sarabulhento; a mentira tem pernas curtas e a verdade um dia chega. Fugir dela é impossível. Renda-se! Réu por três vezes – numa hora dessas você vai ser preso com todas as honras de um romântico ladrão. Abra a sua boca suja quando for depor na PF e, sobretudo, em Curitiba. Fale antes que a OAS e a Odebrecht o fodam. Aquela história do triplex no Guarujá, do sítio em Atibaia, da sede do Instituto Lula, da montanha de dinheiro oriunda de palestras que nunca foram dadas; você sabe, tudo isso é fichinha, boi de piranha, longe de ser o “grosso” da corrupção passiva. Onde está o dinheiro? Lula, você está sendo apunhalado pelas costas, ficará mais furado do que Caio Júlio César. Esqueça 2018. O seu castelo de areia está desmoronando com a passagem da gigantesca onda de lama, tsunami de corrupção sistêmica e endêmica. Lula, você terá o que merece, sem mais e sem menos. Lula, você deve perdoar todos os Procuradores da República que atribuem a você o honroso papel de “Chefe de Organização Criminosa”. Com letras maiúsculas. Orgulhe-se disso.

Lula, hoje, domingo, 16 de outubro de 2016, eu bebi meia garrafa de whisky 12 anos de boa marca, e juro que a beberei até o fim. Confesso que senti uma vontade danada de escrever alguns parágrafos em sua homenagem, antes de ficar bêbado. Felizmente o seu tempo está acabando, você me dá pena. Quer saber duma coisa, na verdade você não inspira piedade alguma. Sei lá o quê. Vejo você na Internet, nos jornais, na TV, enfim, e nada, não consigo enxergar absolutamente nada olhando pra sua cara, apenas observo um ser oco, vazio, desprezível. Jamais negarei o seu talento para o bizarro; lembra quando você se referiu aos 300 picaretas do Congresso Nacional? Mas não se incluiu nessa categoria, né, seu filho da puta! Um amor bandido você jurou aos seus seguidores e os traiu. Maldito seja.

O Mensalão passou e você sobreviveu. O Petrolão está revelando as suas vísceras nojentas. A Lava-Jato lavará o seu maldito corpo antes do enterro, não a sua alma. Aliás, por que você não se mata como fez Getúlio Vargas? Comparar-se a ele sem fazer o que ele fez, quanto ao suicídio, não tem graça nenhuma. Culhões lhe faltam. Aos covardes a história reserva um fim especial. Para reflexão, leia a frase de Floro: “Bela morte, assim tivesse tombado pela Pátria”. A sua afilhada política, a Dilma, disse várias vezes “Eu não vou cair!”. Lembra? Outra refinada amaldiçoada pelas circunstâncias. O Brasil está em crise, por isso estamos vivendo tempos difíceis. A culpa é nossa porque mais uma vez apostamos no absurdo e ganhamos a aposta. Seu vil assassino, você matou a esperança do povo e ressuscitou o medo. Vá pro Inferno.

Com a sua prisão, ou com a sua morte, ou com a sua fuga do país, ou com o seu sumiço pra sempre, talvez assim consigamos mudar o triste e lamentável quadro político-partidário do Brasil, quem sabe mudar as práticas condenáveis e espúrias no exercício da política brasileira. Conceda-me um desabafo: Ouvir os líderes petistas falando na Câmara dos Deputados e no Senado Federal me dá asco, assim como ainda me dá repulsa ao escutar os seus erros de concordância nominal e verbal. Por favor, nada de preconceito. Lula, eu jamais usarei com tanta ênfase a frase de autoria do Roberto Jefferson: “Vossa excelência provoca em mim os instintos mais primitivos” (Em resposta durante o depoimento do ex-ministro-chefe da Casa Civil e deputado petista José Dirceu ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar na Câmara dos Deputados, ocorrido no dia 02 de agosto de 2005). Eu trocaria “Vossa Excelência” por “Você”. CPMI dos Correios, Mensalão, lembra? Você dizia: “Não sei de nada”, “Fui traído”. Lula não inventou a mentira, mas a aperfeiçoou, a aprimorou. Outra qualidade inata de Lula: a dissimulação. Investidos de torpeza Lula e o PT conseguiram desqualificar o ladrão comum.

Lula, você deve se lembrar do advogado Luiz Francisco Barbosa, aquele que defendeu o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). Sim? OK. Então você se recorda o que ele afirmou durante uma sessão do julgamento da Ação Penal 470 (Mensalão), diretamente da tribuna do STF. Sim? OK. Além de o advogado Luiz Francisco Barbosa questionar a ausência do nome do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na peça da denúncia do PGR, pronunciou de viva voz para uma plateia em silêncio sepulcral: “Eu digo: o presidente Lula não só sabia, como ordenou o encadeamento de tudo isso que essa Ação Penal escrutina. […] Deixaram o patrão fora. Deixaram não, o Procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deixou”. É Lula, você sabia da existência do Mensalão como também ordenou as ações ilícitas presentes na denúncia da Procuradoria Geral da República. Seu desventurado. Revendo vídeo da época desse julgamento dá pra ver perfeitamente a expressão do vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski – denunciava a existência de “acordão” para salvá-lo, Lula. Já comentei sobre isso noutro artigo publicado no meu Blog.

O seu partido de meia-esquerda, o PT, deverá antecipar para o primeiro trimestre do ano que vem a sua Convenção Nacional. Dela muito provavelmente sairá o nome do novo presidente da legenda. O esperto Rui Falcão tá pulando fora do barco enquanto é tempo, ele não quer ser o responsável pela sua imolação, Lula. O seu sacrifício será a salvação do que sobrar do PT, de modo que não há outra saída, senão entregá-lo aos verdugos de ocasião. A morte política do Lula salva o partido – carne e sangue em oferenda. O PT quer se livrar do Lula o mais rápido possível, ninguém me tira essa ideia da cabeça. Por outro lado, se Lula fechar acordo de delação premiada com a Justiça ele acaba com o PT. Vamos mudar de assunto porque eu já estou ficando embriagado. É bom lembrar que o próprio Rui Falcão tem contas a acertar com a Justiça, lembrando que ele é um “arquivo vivo”, por isso, tem muito que revelar.

De qualquer forma, Lula está mais perdido do que cego em tiroteio e caga nas calças ao saber que o “arquivo morto” da morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), em 18 de janeiro de 2002, está sendo devidamente aberto e serão retomadas as investigações em breve, se é que já não foram. Se a Justiça der garantias de vida ao ex-publicitário Marcos Valério, condenado no Mensalão a 38 anos de prisão, ele revelará o nome do mandante do crime. Em recente depoimento ao juiz Sergio Moro, Marcos Valério disse “parte” do que sabe sobre a operação desencadeada pelo PT para comprar o silêncio do empresário Ronan Maria Pinto, acusado de chantagear Lula, José Dirceu e Gilberto Carvalho. Caso Ronan não recebesse o dinheiro, via empréstimo de José Carlos Bumlai, envolveria Lula no assassinato de Celso Daniel. Marcos Valério confirmou ao juiz Sergio Moro que tomou conhecimento do tal suborno, não quis entrar em detalhes, considerou o caso de extrema gravidade e disse temer pela própria vida. Leia-se: “O que eu descobri é muito sério e eu não queria me envolver. E vou pedir para não responder essa pergunta porque é um assunto muito grave. Eu não quero correr riscos e eu estou preso em uma penitenciária” – disse Valério. Quem mais, além de Marcos Valério, sabe o nome do mandante da morte de Celso Daniel? Será que Lula foi o mandante do crime? Mistério.

O cenário político não é paradisíaco. A velha guarda petista morrerá de boca fechada – há pacto de sangue entre ela. O clima é de tensão e nervosismo. Panelaço e buzinaço ficaram pra trás – hoje isso não resolve nada. A nação, em silêncio, permanece prostrada. Lula, você é um indivíduo infame que provoca desprezo. Não lhe desejo sorte. Lula, por você não demonstrar arrependimento, rogo a Deus todo poderoso que me livre desse mal. Sei que você já está com a sua rota de fuga planejada faz tempo e a colocará em prática na iminência de prisão, seja ela temporária ou preventiva. Lula, um recado apenas: “Não tente cantar o Hino Nacional de pé com a mão direita ao peito na direção do coração, não chame mais os pobres brasileiros de companheiros, não suje a bandeira do Brasil com a cor vermelha, deixe definitivamente o Brasil em paz porque você não o merece!”. Você e o seu Partido dos Trabalhadores devem se orgulhar de terem ajudado a destruir a imagem do Brasil no exterior, segundo lista divulgada pelo Fórum Econômico Mundial o Brasil está entre os 05 paises mais corruptos do mundo, ocupando a 4ª posição no ranking. Parabéns e vá se danar.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 723 artigos publicados em 14 Categorias. Boa leitura.

 

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 145 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: