>
Você está lendo...
Política

Pergunte aos candidatos presidenciáveis – 10ª pergunta

Pergunte aos candidatos presidenciáveis 10ª pergunta

Às vésperas do primeiro debate na Rede Bandeirantes de TV, acontecido na terça-feira, 26 de agosto de 2014 (22h00min) entre os 07 candidatos a presidente da República (Pastor Everaldo – PSC, Luciana Genro – PSOL, Marina Silva – PSB, Aécio Neves – PSDB, Dilma Rousseff – PT, Levy Fidelix – PRTB e Eduardo Jorge – PV) para a gestão 2015/2018, eu formulei uma série de 20 (vinte) perguntas a serem feitas aos candidatos presidenciáveis, apenas como sugestão, e as encaminhei diretamente à emissora através de e-mail. Abaixo, a título de registro, eu estou reprisando as perguntas e as ratificando neste meu BLOG.

EDUCAÇÃO. A Educação abre as portas da cidadania; a falta dela facilita os sistemas de poder. A deterioração do currículo escolar parece-me dever de ofício dos governantes por razões óbvias. Do tempo dos nossos pais para cá se comprova o fato, basta comparar os sistemas de ensino e matérias ministradas nas escolas. Hoje, nenhuma instituição de ensino forma o aluno como deveria, apenas informa mal e não o prepara para os desafios da vida e tampouco para encarar o mercado de trabalho, cada vez mais competitivo, exigindo mão de obra qualificada, versátil e profissionais preparados intelectualmente. Velhos jargões viram mote de campanha, a maioria dos candidatos está batendo nas mesmas teclas, sobretudo no ensino em tempo integral. Aquela máxima, “Lugar de aluno é na escola”, parece que perdeu o sentido, na medida em que os bandidos estão adotando relativo número de crianças que estão preferindo as ruas aos bancos escolares por se sentirem órfãos dentro de casa. Os políticos falam em Educação como uma atividade fim e esquecem que Educação é um processo contínuo, que envolve a instituição escola, direção, professores, qualificação, currículo, aluno, família, poder público, terceiros, planejamento de base, estrutura, materiais, condicionantes, acompanhamento, participação, cobrança, critérios, adaptação, aperfeiçoamento, valorização, acesso, resultados, foco, análise sócio-econômica, apoio logístico, financiamento, bolsa de estudo com ampla cobertura, etc. Vontade política só não basta, sem esforços conjuntos do governo federal, dos Estados e dos municípios, sem metas definidas e, sobretudo, sem a tomada de ações corretivas de curto prazo, o problema da Educação no Brasil só tende a se agravar. Está faltando alguém dizer “como” fazer tudo isso.

Pergunta: Quais as sugestões dos senhores candidatos para o resgate da instituição escola, para melhorar a qualidade do ensino em todos os níveis de aprendizado, para a valorização constante dos professores, para integrar as famílias ao processo educacional, para evitar o êxodo escolar? É válida a importação de modelos internacionais de ensino?

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 526 artigos publicados em 14 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 159 outros seguidores

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: