>
Você está lendo...
Política

Poucas e boas – 7ª parte.

Poucas e boas – 7ª parte.

ALEXANDRE DE MORAES. Pelo amor de Deus, eu juro, não queria escrever este nome logo na abertura de nova matéria, tampouco falar sobre ele. Ato falho. Perdão a todos os santos. Não, eu não irei pedir perdão, seja a quem for. Qual é a culpa? Existe culpa em cometer “ato falho”? Talvez ele, ALEXANDRE DE MARAES, ex-político brasileiro, encontre algo na sua jurisprudência particular para o devido enquadramento, seja de quem for. Deus assiste.

Gosto muito de Psicanálise. “A Psicanálise é um tipo de psicoterapia, desenvolvida pelo famoso médico Sigmund Freud, que serve para ajudar as pessoas a entenderem melhor seus sentimentos e emoções, assim como ajudar na identificação de como o inconsciente influencia os pensamentos e ações no dia-a-dia”. Alguém disse isso. Eu concordo. Registrei o pensamento em itálico e dentro de aspas. Acho também que a Psicoterapia poderia explicar porque as pessoas gostam tanto de fake news, e outras odeiam tanto as “liberdades de expressões” – dos outros. Até pra defecar a gente faz expressões. Duvida? Coloque então um espelho na frente da sua cara no momento da introspecção. A Psicanálise tenta explicar.

Guardei uns papéis dentro de uma gaveta qualquer com anotações importantes sobre métodos comportamentais em diferentes ambientes, estando ou não dentro deles. Coisa de maluco? É provável que alguém acredite. Pois bem. O quê? Sim, achei um ‘testículo’ de autoria da Sandra Regina S. M. Wolffenbüttel que diz assim: “Utilizamos o termo Ato Falho quando, do ponto de vista da vontade consciente ou da Consciência, acontece um erro na fala, um engano ou esquecimento na memória, um comportamento, uma ação física equivocada que, neste caso, ocorre como resultado de uma manifestação do inconsciente, daquilo que o indivíduo desconhece de si mesmo, que tem origem e emerge das profundezas de seu psiquismo: através de ato falho o desejo do inconsciente é realizado”. In verbis. Testículo, ato falho?

Puta que o pariu! Caiu bem pra caralho este conceito medieval. Explicação justificável das trevas memoriais. Cacete! Entendeu? Um pouco. A inteligência é uma realidade plausível do ponto de vista do “algo abstrato” – comprovadamente provável. Wolffenbüttel certamente daria a sua contribuição para comprimir a compreensão. Eureka. Merda. O ex-político Alexandre de Moraes, lotado no STF – Superintendência de Tratamento de Fakes, ontem, 18/10/2021, cobrou da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro e do Hospital Samaritano Barra informações “confiáveis” a respeito de um vídeo no qual o ilustre prisioneiro Roberto Jefferson (presidente do PTB) mostra a cara no momento em que, com fé, “ora rogando” a Deus castigos modernos contra Moraes. Um Salmo deformado segundo intenções pueris. Nessa gravação Jefferson segura com força um exemplar da Bíblia Sagrada e diz categoricamente que “está orando em desfavor de Xandão” – Xandão, um tratamento pra lá de carinhoso aplicado a um filho levado que matou a mãe. A Bíblia então é fechada e o fariseu aguarda a decapitação intencional.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 1.042 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 163 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: