>
Você está lendo...
Polícia e Segurança Pública

O bicho está solto! – 9ª parte

O bicho está solto! – 9ª parte

A paralisação dos policiais militares do Espírito Santo está fazendo 14 dias hoje. Coincidência numérica, ou não, na frente dos 14 batalhões do Estado, mulheres e familiares dos PMs ainda fazem protestos. Uma situação pra lá de ridícula, passou do ponto, cansou a nossa paciência. Não dá mais, chega!

Nesta semana a Justiça expediu dez Mandados de Intimação para 10 mulheres de soldados, de cabos e de oficiais, apontadas como participantes do movimento de paralisação da Polícia Militar. Até ontem à noite elas não tinham sido notificadas oficialmente. Os Mandados exigiam a saída delas da porta dos batalhões. A Justiça estabeleceu uma multa de R$ 10 mil por dia, e por mulher, pelo descumprimento da ordem judicial. “Escolheram dez aleatoriamente, que nem fazem parte da comissão de negociação. Se é para processar, terão que processar 02 mil” – disse uma representante da comissão de mulheres, que não quis se identificar. Pelo visto, a coisa está ficando preta, ou melhor, já perdeu a cor.

Enquanto isso, o deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) é autor de uma Lei específica para perdoar os PMs que participaram do protesto no Espírito Santo. Um projeto estapafúrdio, que coloca em risco a Segurança Nacional, em razão do efeito cascata que pode produzir. Eu não acredito que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) encaminhe o texto para avaliação na Comissão de Segurança Pública daquela Casa de Leis. Tal aberração deveria morrer no nascedouro, mas, se o fizer, e se o texto for adiante, tudo pode acontecer.

Tem político que quer tirar partido da crise, é o caso do deputado federal Carlos Manato (SD-ES), que protocolou na última terça-feira (14) uma proposta que altera a Lei 12.505, de 11 de outubro de 2011, vindo a anistiar policiais militares de outros Estados – nesse caso em questão, os do Espírito Santo seriam incluídos na lista de beneficiados. Leia-se: “Concede anistia aos policiais e bombeiros militares dos Estados de Alagoas, de Goiás, do Maranhão, de Minas Gerais, da Paraíba, do Piauí, do Rio de Janeiro, de Rondônia, de Sergipe, do Tocantins, da Bahia, do Ceará, de Mato Grosso, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte, de Roraima, de Santa Catarina, do Amazonas, do Pará, do Acre, de Mato Grosso do Sul, do Paraná e do Distrito Federal. (Redação dada pela Lei nº 13.293, de 2.016). Esta proposta também deverá ser encaminhada para análise das Comissões da Câmara dos Deputados.

Puro fisiologismo – “parte podre das relações políticas, caracterizada pela troca de favores ou benefícios individuais pelo cumprimento das ações públicas”. Eu protejo vocês e vocês me dão votos. Governadores que estavam em Brasília nesta última quarta-feira (15) emitiram uma Nota de apoio ao governador Paulo Hartung pelas ações e medidas que está tomando diante da crise na segurança pública, ao tempo que solicitaram ao Congresso Nacional que não aprove qualquer anistia aos Policiais Militares revoltosos do Espírito Santo, e que se cumpra a Lei que agasalha a disciplina militar.

Nem todo o efetivo de PMs está nas ruas, boa parte ainda permanece aquartelada, usando as suas mulheres e familiares como escudos de defesa. Um movimento que perdeu força e a sua legitimidade, não só pela burra insistência da pauta de reivindicações impossíveis de serem atendidas, como pela desobediência à Justiça. No fundo, eu fico com pena dessas mulheres, guerreiras, que buscam melhores condições de vida, que defendem a dignidade dos policiais militares. Mas, não se dão conta que estão sendo manipuladas por interesses outros, pelos PMs insurgentes, que por sua vez, convocam parentes e agregados para engrossar as fileiras de agitadores. Esta luta está perdida. Há pouco, o general de brigada Adilson Katibe, comandante da Força-Tarefa Conjunta em ação aqui no Espírito Santo, falou à imprensa que existe a possibilidade das Forças Armadas permanecerem no Estado por mais tempo, portanto, a previsão do término das ações na quinta-feira (23) poderá ser adiada. Fico com a sensação de que a qualquer momento seremos atacados por extraterrestres. O bicho aguarda!

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 781 artigos publicados em 16 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 155 outros seguidores

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: