>
Você está lendo...
Política

Debate no SBT – 2º Turno

1O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) promoveu nesta quinta-feira, 16 de outubro de 2014 – evento também organizado pelo Portal UOL e pela rádio Jovem Pan –, o segundo debate com os dois candidatos presidenciáveis neste 2º Turno das Eleições 2014, Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Um confronto esperado dentro das expectativas, carinhos, elogios, beijos e abraços, confraternização, reconhecimento público de ambas as partes, pelo menos essa foi a análise feita pela “esmagadora” maioria dos eleitores petistas ávida por derramamento de sangue ao vivo e a cores no horário das 18h00min quando algumas emissoras brasileiras de rádio transmitiam a oração da “Ave Maria”. Ao final do debate tivemos que rezá-la pelo menos umas dez vezes como manda o terço; o “Pai Nosso” deixamos quieto no céu.

Na guerra das imbecilidades, acusações com dedos em riste: “Você é o pai dos ricos”, “Você é a mãe dos pobres”. Diz a máxima popular: “Ninguém quer ser pai ou mãe de filho feio”. E eu, no meu humilde entendimento digo: “Mas, quer continuar sendo filha da mãe Brasil que a continua amamentando”. Dilma não quer largar as tetas. O Point foi o “piti” (xilique) dado pela presidente Dilma Rousseff no final do debate ao ser entrevistada por uma repórter do SBT. De uma mãe que assistiu ao debate: “Dilma, você é a Cuca que está assustando os meus filhos”. Os eleitores não podem errar quatro vezes consecutivas. Em 2002 Lula foi eleito pela primeira vez presidente da República: “Desculpa, foi mal”. Em 2006 Lula foi reeleito: “Errei de novo!”. Em 2010 Dilma foi eleita presidente da República: “Onde eu estava com a cabeça?”. Em 2014 Dilma tenta se reeleger: “Se isso acontecer mereço o diploma de burro”.

A Instituição Presidência da República é a representação do Estado soberano e o presidente representa esse Estado. Causa perplexidade a muita gente o fato de os cidadãos comuns, no Brasil, tornarem-se presidentes da República sem reunirem condições morais e éticas para o uso da faixa presidencial como distintivo do cargo mais importante da nação brasileira. A meu sentir, a desqualificação política, a ausência de valores, o descompromisso com a coisa pública, e outras “faltas”, de uns anos pra cá têm sido exigências de currículo para se exercer qualquer cargo público, sobretudo quando a função tem ligação com o governo federal. Questionamos competência todo o tempo; a gestão de governo esbarra na parede dos interesses particulares, que nos últimos tempos se confundem com assuntos de Estado. Falta no país um estadista que aponte na direção certa, que faça o que tem que ser feito para melhorar o quadro de incertezas e dar tranquilidade aos cidadãos, tão importante para que desempenhem bem o seu papel na sociedade, seja no ambiente de trabalho, seja nas relações humanas.

Em algumas Repúblicas que vivem sob ditadura, o regime também é presidencialista – o Brasil é um exemplo disso quando subverte os padrões de governabilidade democrática adotando a “Ditadura Branca”, tendo como pressupostos a criação de um conjunto de situações políticas que conduz os cidadãos a uma falsa sensação de liberdade; a venda de ideias de que tudo está às mil maravilhas no país quando na verdade não estão; os direitos constitucionais das pessoas castrados subliminarmente através de marcos regulatórios encomendados aos legisladores federais; a manipulação da imprensa no sentido da divulgação de imagens positivas do governo e não falar das suas mazelas com destacado sensacionalismo. E agora grave problema surge; governo federal interferindo nos resultados das pesquisas eleitorais, questionando junto ao TSE – Tribunal Superior Eleitoral os Institutos de Pesquisas que apontam índices crescentes do tucano Aécio Neves em desfavor da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, e, para piorar a história, “manipula” os Institutos de Pesquisas IBOPE, DATAFOLHA, VOX POPULI e SENSUS. Ontem eu recebi uma mensagem no meu celular que diz o seguinte: “A receita de Aécio e Armínio é arrocho, recessão e desemprego. Eles são contra os brasileiros melhorarem de vida. Vote Dilma 13”. O Brasil tem hoje cerca de 280 milhões de celulares em operação e, como você pode observar, o PT aproveita esse potencial e está usando as empresas de telefonia na sua campanha presidencial, assim como usou os Correios para fazer panfletagem. É, realmente a guerrilha petista se instalou no Brasil. Fico pensando no que ela é capaz de fazer caso o PT perca a cadeira de presidente da República. Que Aécio Neves comece a conversar com as Forças Armadas!

Afirmar que “O povo tem o governo que merece” seria uma leviandade, da mesma forma se disséssemos que “O governo tem o povo que merece”. Traduzindo esses sentimentos em miúdos, posso assegurar a todos os brasileiros que:

“A presidente Dilma Rousseff não merece o Brasil”.

Augusto Avlis

Navegue no Blog  opiniaosemfronteiras.com.br e você encontrará 567 artigos publicados em 14 Categorias. Boa leitura.

Anúncios

Sobre augustoavlis

Augusto Avlis nasceu no Rio de Janeiro na metade do século XX. Essa capital foi antes o Distrito Federal e o Estado da Guanabara. Profissionalizou-se em Marketing Operacional e fez parte, como Executivo, de multinacionais do segmento alimentício por mais de três décadas, além de Consultor de empresas. Formado em Comunicação Social, habilitou-se em Jornalismo. Ocupou cargo público como Secretário de Comunicação. Hoje dedica-se às atividades de escritor e cronista.

Discussão

2 comentários sobre “Debate no SBT – 2º Turno

  1. É inacreditável como alguns brasileiros não enxergam o óbvio,está na cara mas não querem ver,realmente, lavagem cerebral não se faz só em igrejas, está em todo lugar, o ser humano manipulado. Esquecem ou são sedados, não imaginam que tem força e poder para mudar qualquer coisa, mas precisam sofrer para aprender,talvez somos preguiçosos demais para pensar, não queremos ter trabalho, de qualquer maneira vamos viver, não importando com os semelhantes e muito menos consigo.Queremos viver em Paz, com Amor, mas não trabalhamos para que isso aconteça. As energias são positivas se procurarmos fazer para melhorar, como também serão negativas se pensarmos sempre no pior.Olharmos tudo que está acontecendo e não tomarmos iniciativa nada vai mudar, vira rotina, deixa pra lá, dá trabalho.Temos que aprender a lutar pelos nossos ideais.BRASIL PÁTRIA AMADA DE UM POVO PREGUIÇOSO,SERÁ? Vamos deixar a escravidão, não tenhamos medo, vamos enfrentar, já estamos começando com a virada do 2º turno. Que Deus nos abençoe!!!

    Publicado por Nair Santos | 19/10/2014, 19:30
    • Quando as pessoas deixarem de olhar para o próprio umbigo e aprenderem a ter uma visão de coletividade, então, a mudança já começou.

      Grato pelo comentário e forte abraço,

      Augusto

      Publicado por augustoavlis | 20/10/2014, 23:24

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 158 outros seguidores

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: